Agência vende tweet de famosos por até R$ 50 mil!
tweet

Vender publicações no Twitter, Facebook e Instagram de celebridades para empresas anunciantes foi o nicho de mercado encontrado pelos sócios da agência de marketing digital iFruit Murilo Oliveira, 31, e Felipe Iacocca, 35. Só em 2013, a empresa faturou R$ 6 milhões com 200 projetos.

Segundo Oliveira, a agência tem um portfólio de 150 personalidades, entre eles estão os apresentadores Ana Maria Braga, Ana Hickmann e Danilo Gentili, os atores Caio Castro, Cleo Pires e Samara Felippo, e os jogadores de futebol Luis Fabiano e Ronaldinho Gaúcho.

Cada um tem o seu preço, conforme sua fama e o número de seguidores. Publicações de famosos com 60 mil fãs custam cerca de R$ 4.000. Já para quem tem mais de 10 milhões de seguidores, o valor pode chegar a R$ 50 mil por ‘post’. O empresário, no entanto, não revela os valores de cada celebridade.

“Quem nos procura, na maioria das vezes, são as agências de publicidade das grandes empresas, que querem fazer uma ação com foco nas redes sociais. Já as empresas menores costumam vir diretamente a nós para solicitar o serviço.”

O artista embolsa cerca de metade do preço da publicação e a iFruit fica com um percentual que varia entre 10% e 30%, o restante paga impostos e, se houver, a agência de publicidade.

Empresas como Chevrolet, Heineken e Sadia já compraram publicações de famosos pela iFruit. Até o momento, a campanha de maior repercussão feita pela agência foi a #DurmoSemCalcinha, do sabonete íntimo Dermacyd, que contou com a participação de mais de 40 celebridades e teve mais de 80 mil menções, segundo o empresário.

Foco inicial da empresa era celebridades da internet
Oliveira e o sócio são publicitários, mas nunca tiveram contato com famosos antes de começar o negócio. Quando abriram a empresa, em 2012, o foco era transformar “webcelebridades” (blogueiros e produtoras de conteúdo para a internet) em garotos-propaganda nas redes sociais.

Cinco meses depois, a empresa recebeu aporte de R$ 340 mil de um grupo de investimentos. Foi aí que os sócios decidiram ampliar a atuação para personalidades da TV e de outras áreas. “Vimos que o mercado era bem maior do que achávamos e que havia muito a ser explorado”, diz o empresário.

Há dois meses, a iFruit fechou uma parceria com uma agência dos Estados Unidos que presta o mesmo serviço lá. Na lista da agência, figuram estrelas como os cantores Beyoncé, Jay Z e Justin Bieber. Os preços internacionais variam de US$ 30 mil (R$ 66,3 mil) a US$ 200 mil (R$ 442,5 mil).

Venda de publicações é comum, mas entrar no mercado é difícil
Para o professor de marketing digital da ESPM Rafael Lamardo, os chamados “posts” patrocinados nas redes sociais das celebridades são cada vez mais comuns e fazem uma propaganda assertiva, diretamente para o público-alvo. Porém, estabelecer-se como uma empresa especializada em vender essas publicações é muito difícil.

De acordo com o professor, os famosos, em geral, já têm pessoas de sua confiança que recebem e centralizam pedidos publicitários. Além disso, a empresa anunciante pode procurar o artista diretamente, sem a necessidade de um intermediário.

“O empresário precisa oferecer algo a mais ao cliente. Uma possibilidade é prestar uma espécie de consultoria, analisando e explicando ao anunciante qual a rede social e o artista dentro de seu portfólio mais indicados para a propaganda”, diz.

Fonte: www.economia.uol.com.br