Brasil está os top 10 que mais enviam spam no mundo.
envio-de-spam

O Brasil é um dos países que mais enviam spam em todo o mundo, está entre o top 10, mas ainda perde para gigantes como Estados Unidos e Rússia, segundo pesquisa da Kaspersky Lab. O país ocupa o décimo lugar segundo a desenvolvedora de antivírus, que mediu a quantidade de e-mails indesejados enviados durante o primeiro semestre de 2015. Veja outra nações vilãs no mundo do spam.

Brasil lidera em vítimas do ‘vírus do roteador’ que muda endereço de sites

A lista é encabeçada pelos Estados Unidos, que são responsáveis por 14,58% de todo o spam do mundo. Em seguida estão Rússia (7,27%), Ucrânia (5,65%), Vietnã (4,82%), China (4,51%), Alemanha (4,39%), Argentina (3,23%), Espanha (2,92%) e Índia (2,83%) . O Brasil, por sua vez, responde por 2,78% dos casos.
O país que mais é alvo de mensagens infectadas, por outro lado, é a Inglaterra, responsável por 7,85% dos casos. O Brasil ocupa a segunda colocação, com 7,44%, enquanto os Estados Unidos, com 7,18%, estão em terceiro lugar.

spam

A Kaspersky também descobriu que as práticas usadas para enviar spam têm se modificado com o tempo, levando, inclusive, ao ressurgimento de métodos que há muito tempo não eram usados de forma expressiva. Uma destas formas são o envio de vírus de macro, que são códigos maliciosos escondidos em arquivos .doc ou .xls e executados quando abertos.

Spam está reduzindo
Outra tática adotada pelos criminosos foi usar domínios do tipo .work e .science, liberados para uso em 2014. Este tipo de golpe envia um spam a partir de um site de um destes novos domínios, geralmente com conteúdo relacionado a ele para dar mais credibilidade.

A boa notícia é que o número de mensagens enviadas no mundo todo têm diminuído com o tempo. A média de spam no último trimestre de 2014 foi de cerca de 65% do total de e-mails trocados no mundo, mas o índice caiu em janeiro de 2015 para 61,86% e, em março, ficou em 56,16%.

Fonte: www.techtudo.com.br