Carro voador do Google
Carro-voador-do-fundador-do-Google

A Kitty Hawk, uma das empresas que trabalham no desenvolvimento de um carro voador, e apoiada pelo fundador do Google, Larry Page, publicou o primeiro vídeo de seu protótipo de aeronave. A empresa descreve o Kitty Hawk Flyer como um “avião 100% elétrico”. Como não há o requisito de uma licença para voar, já que a Kitty Hawk flyer foi projetada para operar sobre a água, a empresa promete que as pessoas poderão aprender a voar o Flyer “em minutos”. A expectativa da Kitty Hawk é que o produto comece a ser comercializado até o final deste ano.

A Kitty Hawk não definiu ainda qual será o preço que irá praticar para a versão do produto que chegará ao mercado. Mas a empresa está seduzindo pilotos ansiosos com uma adesão de US$ 100 por três anos, que oferece prioridade de colocação em uma lista de espera, acesso exclusivo a um simulador de voo e participação em eventos da empresa. Os membros também receberão um desconto de US$ 2.000 no eventual preço de varejo do produto.

O Flyer é considerado uma aeronave Ultralight por regulamentos da FAA (agência reguladora da aviação nos Estados Unidos), razão pela qual não há necessidade de uma licença de piloto. Infelizmente para nós aqui no Brasil, a Kitty Hawk diz que não há planos para enviar o veículo para fora dos EUA.

Gigantes da indústria como a Airbus também já apresentaram seus projetos sobre um futuro carro voador, assim como dezenas de startups em todo o mundo. E, coincidentemente ou não, a Uber está realizando uma conferência no Texas esta semana sobre suas próprias ambições para o desenvolvimento de carros voadores.

Fonte: 88mph