Como os algoritmos Google funcionam?
algoritmos Google

Algoritmos Google

Chegar ao topo é o que todos nós queremos, mas será que sabemos como chegar lá? Primeiramente vamos entender um pouco mais sobre o algoritmo.

O que é um algoritmo de pesquisa?
Algoritmo de busca é uma combinação de vários processos e conjuntos de regras lógicas, finitas e definidas usadas para procurar e encontrar informações específicas.
Como um mecanismo de pesquisa, o Google fornece aos usuários informações relevantes com base em suas pesquisas. O ranking do mecanismo de busca ou SERP é composto de uma combinação de algoritmos. Esses algoritmos analisam qual era a intenção do pesquisador e retornam com os resultados para atingir esse objetivo.
O Google está constantemente refinando e ajustando seus algoritmos para avaliar as pesquisas e os resultados com mais detalhes.

Como funciona?
Analisando o que você deseja, através do uso de palavras chaves, um mecanismo de pesquisa decifra seus interesses, incluindo erros de ortografia e isso é feito através da indexação. Os fatores que contribuem para um retorno mais rápido ou mais lento podem incluir autoridade de domínio, relevância do conteúdo da página, programação e popularidade do site.
Como a quantidade de páginas da web com informações relevantes em potencial é gigantesca, o Google usa o Googlebot com o suporte de rastreamento e indexação para uma pesquisa mais robusta. O Googlebot, é um software de pesquisa, que coleta e adiciona informações ao seu índice aparentemente interminável através dos rastreadores que se movem continuamente de site em site para alimentar seu apetite por informações.

Os algoritmos Google contam também com suas informações pessoais, como histórico de pesquisa anterior, configurações e até localização. Essas informações são usadas para fornecer conteúdo relevante a você para sua área ou localização específica.
Antes de ver seus resultados, as informações são calculadas e classificadas por relevância. Agora é quando o SEO de um site entra em ação. Simplificando, quando as palavras-chave inseridas em seu mecanismo de pesquisa correspondem às palavras-chave em um site, é um sucesso!

Por exemplo, o algoritmo Google Panda foi projetado para examinar o conteúdo. Enquanto o algoritmo Google Pinguim avalia os links. Enquanto cada algoritmo é separado, eles trabalham juntos para influenciar as classificações.