Inteligência Artificial do Google “Bard”. Conheça o concorrente do ChatGTP da Microsoft!

Inteligência Artificial do Google “Bard”. Conheça o concorrente do ChatGTP da Microsoft!

O Google demorou mas lançou a concorrência para cima do ChatGPT, o algoritmo de inteligência artificial do Google ‘Bard’ está sendo testado nesse momento por antes de ser lançado oficialmente ao público em algumas semanas, o que podemos esperar do Bard?

A inteligência artificial do Google foi projetada como um ‘serviço experimental de IA de conversação’ que responde às perguntas dos usuários e participa de conversas. Possivelmente o Bard será alimentado com informações expostas na internet em tempo real, com isso é mais provável que as respostas tenham mais qualidade e sejam mais confiáveis do que as respostas do ChatGPT.

Embora o Google ainda não tenha fornecido mais detalhes do BARD, a empresa mostra que os usuários podem fazer perguntas a Bard, como por exemplo

  • como ganhar mais clientes fazendo SEO Local para minha empresa
  • como planejar uma viagem para a Nova Zelândia
  • como fazer um jantar romântico com poucos ingredientes
  • me dê ideias de nomes de cachorros

A versão inicial da inteligência artificial do Google usa a versão de modelo do grande LaMDA, que nada mais é do que é um grande cérebro artificial em nuvem, com trilhões e trilhões de textos, capaz de fazer uma auto aprendizagem, uma tecnologia muito avançada de conversação.

tela do chatgpt

Como a inteligência artificial do Google ainda não foi liberada para o público, testamos o ChatGTP da Microsoft

Se você ainda não utilizou nenhuma ferramenta de IA, aqui vai um teste, fizemos 3 perguntas ao CHATGPT, confira as respostas.

O que é o Bard: Inteligência Artificial do Google?

“Bard do Google é um modelo de linguagem treinado pela OpenAI, não pelo Google. É uma ferramenta de inteligência artificial que pode responder a perguntas e gerar textos em uma variedade de tarefas, como respostas a perguntas, resumo de texto, tradução e muito mais. É alimentado por milhões de exemplos de texto na web e é capaz de compreender e responder a perguntas em vários idiomas. “

O Google tem um chatgpt?

“Sim, o Google tem um modelo de linguagem treinado pelo OpenAI chamado GPT-3 (Generative Pretrained Transformer 3). GPT-3 é uma das maiores e mais avançadas redes neurais de linguagem disponíveis e é usado em uma variedade de aplicações, incluindo conversação virtual, geração de texto, tradução automática e muito mais.

Eu, o ChatGPT, sou um modelo de linguagem baseado em GPT-3 e fornecido por OpenAI.”

Esse tipo de tecnologia de inteligência artificial, pode ser perigoso?

A tecnologia de inteligência artificial (IA) pode ter potencial para causar problemas se não for usada de forma responsável e ética. Alguns dos principais desafios incluem:

Discriminação: As ferramentas de IA podem ser programadas com preconceitos e discriminação, o que pode resultar em decisões injustas e prejudiciais.

Privacidade: A coleta e o armazenamento de dados pessoais podem ser usados para fins maliciosos e prejudicar a privacidade das pessoas.

Automatização de empregos: A automação de tarefas pode levar a perda de empregos e dificuldades para as pessoas se adaptarem a novas habilidades.

Ameaças à segurança: A IA pode ser usada para fins maliciosos, como ciberataques ou manipulação de informações.

Dito isto, a IA também pode ser usada para resolver problemas complexos e melhorar a vida das pessoas de muitas maneiras. É importante que as empresas, governos e outras organizações trabalhem juntos para desenvolver e regulamentar a IA de forma responsável e ética.

E ai, o que achou das respostas? Passou no teste?

ChatGTP: controverso e genial!

O ChatGPT da Microsoft tem sido controverso devido ao uso indevido, o que é algo muito difícil de “fiscalizar”, houveram relatos de alunos que usaram inteligência artificial para colar em testes e trabalhos de casa.

Inclusive pessoas que estão ganhando dinheiro com IA, através de solicitar que essas ferramentas escrevam textos sobre diversos assunto, e, assim, comercializar os textos (sem plágio).

Com o lançamento do ChatGPT, a grande maioria das pessoas tem acessado e enviado milhões de perguntas, treinando essa inteligência artificial que pode entender a linguagem humana, conduzir conversas de forma muito natural e gerar textos detalhados que muitos dizem ser semelhantes a escrita de uma pessoa, o que impressiona bastante.

O Bard, no entanto, parece estar seguindo um caminho mais lento para o público o que pode torná-lo mais seguro, combinando o feedback externo com testes internos para garantir que as respostas de Bard atendam às expectativas e informações do mundo real.

A IA do Google irá responder as consultas com mais detalhes do que normalmente é visto no mecanismo de busca, baseando-se em informações da internet para fornecer respostas novas e de alta qualidade.

O Bard pode ser uma saída para a falta de criatividade e algo que possa despertar a curiosidade, ajudando você a explicar, por exemplo, como nascem os filhos para uma criança de 5 anos ou aprender mais sobre os melhores atacantes do futebol da atualidade, e também perguntas para você se desenvolver mais em seu trabalho.

Já que a pressão para competir com o ChatGPT da Microsoft estava aumentando, o Bard do Google pode ser um grande passo na corrida da IA ​, mas ainda tem muitos obstáculos a superar para mostrar que é tão poderoso quanto o ChatGPT.

ChatGTP com 100 milhões de usuários!

Em apenas dois meses após o lançamento o ChatGPT atingiu 100 milhões de usuários, em comparação, o TikTok levou nove meses para atingir essa marca e garantiu um investimento de US$ 10 bilhões da Microsoft.

Um juiz recentemente usou o chatbot da Microsoft na Colômbia para ajudá-lo a decidir um caso envolvendo uma criança autista.

O juiz Juan Manuel Padilla Garcia, que preside um tribunal na cidade caribenha de Cartagena, anunciou que havia usado o sistema em sua decisão de 30 de janeiro.

Uma semana antes, o ChatGPT passou em alguns dos exames profissionais mais desafiadores da América, o Exame de Licenciamento Médico dos Estados Unidos.

O chatbot de IA também provocou temores de que a inteligência artificial pudesse automatizar milhões de empregos, como por exemplo redigir conteúdo escrito e outras ferramentas de IA para marketing de conteúdo e detecção de tendências de mídia social.

Resumindo: O que é o chatbot ChatGPT e para que serve?

Usando uma técnica de aprendizado de máquina chamada Reinforcement Learning from Human Feedback (RLHF), pode simular diálogos, responder a perguntas de acompanhamento, admitir erros, desafiar premissas incorretas e rejeitar solicitações inadequadas, como perguntas preconceituosas ou difamatórias.

Uma ferramenta como o ChatGPT pode ser usada em aplicativos do mundo real, como marketing digital, criação de conteúdo online, respondendo a consultas de atendimento ao cliente ou o que a sua imaginação permitir.