User Experience – Criação de site com UX

Se você tem dúvidas e não sabe como funciona a criação de sites com mecanismos UX (User Experience) nós mostraremos a você.
Antes mesmo de iniciarmos as dicas sobre a criação de site com UX (User Experience), devemos refletir sobre determinada problemática: “O que vem a ser esse mecanismo utilizado?” Se você não conseguiu obter ideias ao pensar apenas na palavra por si só, então nós ensinaremos a você. Não só no mecanismo em si, como também na principal função de um site em geral, pois, ao refletirmos sobre os objetivos principais de um site hoje em dia, nos lembramos da distração, informação, entre outros assuntos, no geral. Portanto, é muito importante refletir sobre os variados temas que podem ser apresentados em um site, basta ousar da criatividade e aceitar o seu gosto por determinados temas. Siga as dicas!

Mas e o que pode significar “user experience” e por que esse termo vem se destacando ao logo do tempo? Antecipando, em um mercado bem expressivo, UX é uma palavra valiosa, que indica especificidade perante a concorrência. Porém, antes de entendermos suas principais funções, resgatemos as principais traduções das duas palavras: “User” “Experience” em português, as traduções de ambas são simples: “usuário e experiência” que trazidas a linguagem empresarial, resumem-se a experiência em que um cliente tem com um determinado produto ou serviço.

Após o primeiro contato com o cliente, a empresa necessita de estabelecer uma relação mais duradoura, para possíveis análises de novos produtos, que podem ser escolhidos pelos clientes que o adquirem. Esse relacionamento com o cliente precisa ser natural, pois caso o cliente tenha uma “user experience” negativa no primeiro atendimento, será muito difícil estabelecer uma relação mais séria após os trâmites de atendimento.

Como planejar a user experience?

Esse mecanismo de relações empresariais digitais, é muito importante, por isso, a prática deve ser planejada para que o cliente possua uma experiência satisfatória, desde a chegada do cliente até o uso facilitado do produto final. Por esse motivo, podemos classificar a UX como um decisório mecanismo para o sucesso ou a frustração de uma empresa no mercado.

Ao recorrermos à busca histórica do conceito “user experience” chegaremos a um engenheiro, dos anos 90 de nome Donald Norman, ex colaborador de uma das maiores empresas do mundo: Apple. Responsável por aplicar logísticas que se responsabilizam em projetar novos produtos a partir da real necessidade de cada cliente.
Ao citarmos que a experiência de usuário é o contato do produto com o cliente, deve-se compreender como algo um pouco mais aprofundado, pois a experiência do usuário não se resume especificamente ao funcionamento interno de um produto ou serviço, e sim no funcionamento externo, no momento em que as pessoas o utilizam
A principal e mais importante finalidade da UX é facilitar a navegação do usuário, de modo que o mantenha empolgado com sua empresa. Caso ele precise refletir muito para tomar as suas atitudes em sua página na internet, provavelmente vai abandonar o seu domínio sem concluir o objetivo.

Talvez seja melhor uma exemplificação prática da experiência de usuário, para facilitar o entendimento. Trazendo para a realidade de um cliente, suponham-se que o mesmo gostaria de adquirir um sapato específico pela internet. Ao realizar a busca no Google, o cliente clica nas amostras de sapatos da qual se identificou mais. Porém, ao acessar a loja virtual, se dá conta que a página não está tão acessível, com problemas de acesso, navegação e descomprometimento com as informações. Após tudo isso, a chance de se ter uma péssima avaliação de experiência de usuário é surpreendente.

O que fazer com uma reputação negativa?

Para que uma reputação negativa não seja criada, você proprietário de um design UX deverá focar no cliente, para que não ocorra enganações ou até o risco de criar uma solução que não corresponde às expectativas. Mas para que a experiência dos seus usuários alcance um alto nível, você deve primeiramente conhecer de forma ampla o seu público. Para saber de forma exata as necessidades dessas pessoas.

A reputação de seu produto ou serviço é a mais importante a ser respeitada, pois a variedade disponível no mercado, atualmente, é surpreendente. Por exemplo, se a primeira experiência do usuário não for positiva, o mesmo poderá procurar um melhor espaço, no qual consiga suprir suas necessidades ou expectativas com a concorrência.
Entretanto, caso uma empresa ofereça uma grande experiência, o cliente se fidelizará aos serviços ou produtos, recomendando e compartilhando suas experiências positivas, gerando mais vendas e lucros para a empresa. A experiência do usuário, não só é boa para aumentar a popularidade da empresa, mas também fixar uma marca no mercado, ainda mais em mercados muito competitivos, como as famosas empresas de “fast food”, que lançam campanhas promocionais concomitantemente e sempre em concorrências uma com a outra.

Outro ponto importante para a criação de um site com UX é a vivência com o produto, não só uma experiência, mas sim a utilização do produto por meio do próprio vendedor, por exemplo, muitos colaboradores de determinadas organizações apenas participam do processo de produção e nunca tiveram a oportunidade de fazerem uso do próprio produto que vendem. Sendo assim, a relação do vendedor com o produto é distante, fazendo com que os produtos sejam vendidos de forma mentirosa, apenas por vender.

Mas para que o seu cliente possua uma boa experiência de usuário, primeiramente, ele precisará ter um bom lugar para navegar. E Aqui vão algumas dicas para você melhorar a usabilidade do seu site, para que os navegantes consigam realizar suas buscas ou compra e vendas.

Padronização e facilitação

Na maioria das vezes, para que o cliente ache as funções que ele precisa rapidamente é necessária uma padronização de layout do site e ícones de acessibilidade funcionais, para que qualquer pessoa consiga transitar pelo site de forma livre e segura, até as pessoas iletradas digitalmente. Cores menos ofuscantes, traços simples e símbolos evidentes facilitarão a vida do seu cliente, para que ele consiga tornar a pesquisa, como algo muito comum e fácil.
Heurísticas

Controles rápidos e liberdade

Essa arte de descobrir fatos acaba levando praticidade e autonomia até os usuários de um site. A finalidade principal é que ele tome as ações que vier à sua cabeça nas páginas de navegação de um jeito simples e prático.
Vamos tentar exemplificar de forma clara: editorar os questionamentos de um formulário, anteriormente de enviá-los, ou até posteriormente, fará com que o usuário possa moldar o conteúdo enviado para seus próprios padrões antes de leva-los à empresa, deixando suas problemáticas mais claras de se ver, por exemplo.

Design simples e minimalista

Em síntese, essa dica resume-se em ser mais direto e objetivo. Um site cheio de mecanismos e inovações, muitas vezes podem fazer com que seu site se torne algo muito inalcançável. Para que isso não aconteça, deixe apenas funcionalidades comuns, exemplificando as ações dentro da página.

Cuidados e sinais de erro

Em todos os lugares do mundo, acontecem erros, muitas vezes causados por falhas no desenvolvimento de seu site. Outros utilizadores por uma ação do próprio usuário. De qualquer forma, a causa do erro deve ficar evidente, o visitante precisa compreender porque seu objetivo não pode ser concluído.
Um dos erros mais comuns, ao citarmos a questão de uso em sites é a famosa página “not found 404”, que alerta o usuário, sempre em que ele tenta buscar algo restrito ou inexistente em seu uso. Dessa forma, a página menciona uma mensagem explicita, alertando que a URL não existe. Mas antes que você permita uma queda de buscas e pesquisas, dê ao seu usuário outras opções de pesquisas para que o mesmo, continue em seu site navegando. Assim, o usuário ficará entretido com os intraposts, ao invés de simplesmente terminar a visita.

Além de se corrigir a forma de pesquisar o site, sempre foque no que seu usuário necessita. Uma experiência de usuário necessita de vivências que o deixem por dentro deste assunto e para uma explicação bem breve e positiva para tornar seu site UX, um dos melhores, observe os seguintes pontos:

Útil (useful)

A utilidade é importantíssima, para um cliente, pois coisas “inúteis” podem ser substituídas por outras ou outros (serviços), fazendo com o que o visitante encontre sentido nessa visita ou nessa nova aquisição.

Usável (usable)

Usar ou não? Será mesmo que eu gostei? “Quero trocar a ideia” … Ao discutirmos a questão de usabilidade, chagaremos a um conceito sociológico, semelhante ao de utilidade. Na maioria das vezes, a utilidade de alguns produtos é quase nula, porém, a arte de vender ou de consumir, tornam o nosso aluno uma marionete do grande capitalismo, entretanto, essas reflexões filosóficas deixam essas dicas mais aprofundadas, pois a ideia de usar ou não um produto é algo muito simbólico.

Desejável (desirable)

O seu site apresenta conteúdos desejáveis para a compra, na qual seus usuários, fiquem acompanhando a chegada ou saída dos produtos nos estoques? Se sim, você está indo pelo caminho certo, para uma boa experiência de usuário, você precisa ter produtos extremamente desejáveis, na qual os clientes almejem a compra dos mesmos e realize um ótimo feedback de avaliação em sua experiência.

Valorosa (valuable)

Algumas organizações que não possuem fins lucrativos, dão a experiência do usuário, como uma técnica para auxiliar o avanço na missão. Já empresas que precisam dos lucros para o crescimento, mostram que a experiência contribuirá para o resultado final e melhorará as necessidades do cliente.

Localizável (findable)

Ao mencionar essa dica, veja formas mais simples de tornar o seu site mais localizável e sua pesquisa mais simples, como a tecnologia SEO. Para você que está começando agora e ainda não sabe o que significa a sigla SEO, calma, que nós vamos explica-la. SEO significa “Search Engine Optimization” ou traduzido para o português, como: Otimização para Mecanismos de Busca. Essa otimização se resume em um conjunto de técnicas e normas, com a finalidade de gerar melhorias e potencializar o posicionamento de um site nas páginas de resultados naturais nos sites de busca.

Acompanhar esse tipo de dica fará com que seus artigos em sites fiquem como os primeiros da lista nas pesquisas (Google), como também fará você descobrir as perguntas mais frequentes de leitores, usuários e internautas, podendo assim produzir mais conteúdos populares. Caso você não saiba como realizar este tipo de serviço, existem assessorias para sites, ainda mais com os design de UX ou produtores de conteúdo que prestam esse tipo de serviço, capacitando pessoas leigas, e por fim melhorando o seu site.

Acessível (accessible)

Ao falar sobre acessibilidade, mesmo sendo um assunto atual, não é muito colocado em prática, muitas vezes. Um site que utiliza das ferramentas de UX necessita se atentar a acessibilidade do site, pois ao elaborar um site não acessível, estará eliminando as oportunidades para milhões de pessoas do mundo, o que não é o seu propósito, pelo contrário, se a experiência de usuário é importante, é preciso atrair cada vez mais visitantes.

Sendo assim, esquecer a acessibilidade em sites é a mesma coisa que queimar os lucros do seu site. É válido ressaltar que atualmente, já existem ferramentas e criação capazes de desenvolver não só sites estilizados como também acessíveis que permitem a transitoriedade dentro e fora do local, deixando o cliente que possui alguma deficiência se sentindo em casa.

Crível (credible)

Para se ter um bom número de visitas é preciso tornar o design um cartão de visitas, ou melhor, de visitantes, pois com a estilização do seu site, fará com que isso mude muito no relacionamento com o cliente/ empresa. Entretanto, esse site só poderá ser desenvolvido, graças ao uso de determinadas cores, traços que no final acabam influenciando a compra ou o uso de determinados produtos, por exemplo, percebam que por mais simples que pareça a utilização de uma cor, sua utilização de forma inteligente, pode tornar o produto um sucesso, produtos recorrentes em cores vermelha possuem grande reputação de compra e venda. Ou seja, confirmando o sucesso e a influência dos designs.

Conclusões finais

Gostaram de descobrir um pouco sobre a criação de sites UX (experiência de usuário) para você que agora sabe como lidar com esse tipo de design, aposte isso no seu negócio para que você possa evoluir no mercado digital e desempenhar uma carreira de sucesso.

Equipe Webby

Leave a Comment